Dentes - quais são?
 
  • A Dentição Definitiva é composta por 32 dentes que se dividem em: incisivos, caninos e pré-molares e molares.

      - Os dentes incisivos são os quatro que estão na parte da frente da boca e servem para cortar os alimentos.

      - Os dentes caninos também são quatro e estão logo a seguir aos incisivos. Servem para despedaçar os alimentos.

      - Os dentes pré-molares e molares são oito e situam-se na parte de trás da boca. Servem para triturar os alimentos.

  • Já ouviste falar dos dentes do siso?
    São os terceiros molares e são conhecidos como os "dentes do juízo" porque só aparecem depois dos 20 anos, supostamente quando já temos mais responsabilidades.

  • Sabias que há muitas pessoas a quem estes dentes nunca nascem?
    Não quer dizer que não têm juízo, quer apenas dizer que o Homem está a evoluir e que o siso já não faz tanta falta como há milhares de anos.


    Cada dente é formado pelas seguintes partes:

      - Coroa - quando o dente está saudável, esta deve ser a única parte visível do dente. A superfície da coroa determina a função do dente.

      - Esmalte - a camada mais externa da coroa dentária. O esmalte é o tecido vivo mais duro do corpo humano, mas, pode ser destruído pela acção das bactérias que se desenvolvem na boca devido a uma má higiene dentária.

      - Raiz - é a parte do dente que está envolvida pelo osso e pela gengiva. A raiz constitui até dois terços do dente e mantém-no fixo ao maxilar.

      - Cimento - é a parte mais externa da raiz dentária e permite a ligação entre o dente e o osso.

      - Dentina - é a camada situada por baixo do esmalte e do cimento, é o tecido dentário mais abundante e inclui no seu interior o tecido nervoso responsável pelos estímulos dolorosos. É muito menos resistente do que o esmalte à acção destruidora das bactérias e ácidos bucais.

      - Polpa - tecido mole que se encontra no centro do dente. É onde se situam o nervo dentário e os vasos sanguíneos do dente. Se os danos sofridos no dente atingirem a polpa, a dor torna-se insuportável.

 


 
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.