Elefante-marinho
 
  • O elefante-marinho, como o nome indica, é um enorme mamífero que vive nos oceanos Antárctico, Pacífico e Atlântico, tanto no hemisfério sul como no hemisfério norte.

  • Distingue-se dos leões-marinhos porque não tem orelhas e porque para se mover em terra não usa apenas as barbatanas, mas o próprio tronco, que ondula atirando-se para a frente.

  • Sendo tão grandes e pesados, poderia pensar-se que são animais muito lentos, mas conseguem ser mais rápidos que o Homem. Mesmo assim, têm grande dificuldade em movimentarem-se em terra.

  • É que a fêmea do elefante-marinho tem mais de 3 metros de comprimento, enquanto que o macho chega aos 6 metros, pesando quase três toneladas (tanto quanto o peso de três carros médios).

  • E tudo no elefante-marinho é grande: para além do corpo, tem uma enorme cabeça e uns olhos muito grandes, rodeados por espessas pestanas. Também o seu nariz é gigantesco, principalmente nos machos. Há quem diga que é por isso que têm o seu nome: para além de serem grandes, têm uma espécie de tromba.

  • A maior parte do tempo de vida de um elefante-marinho é passado dentro de água, que é onde se sente mais confortável com o seu peso. Por essa razão, está totalmente adaptado ao ambiente marítimo: consegue passar quase uma hora e meia sem respirar e os seus mergulhos são extremamente profundos.

  • O elefante-marinho vive até perto dos 20 anos, mas os machos dominantes vivem menos tempo. Cerca de 10 ou 11 anos.

  • Em primeiro lugar porque, na época de reprodução têm que defender o seu território, ao mesmo tempo que tentam estar com o maior número de fêmeas possível. Nessas alturas nem se alimentam e acabam por morrer de cansaço!

  • A outra razão é porque estão sempre a lutar com outros machos que tentam tirar-lhes o lugar como machos dominantes do grupo. Essas lutas são muito violentas e o macho que perde a luta sai sempre gravemente ferido.

 

 


     
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.