Afonso de Albuquerque
 
  • Afonso de Albuquerque foi uma figura muito importante na História de Portugal. Foi vice-rei da Índia e foi ele que começou a construir o grande império que Portugal teve no Oriente.

  • Queres saber mais?
    Afonso de Albuquerque nasceu em Alhandra (no Ribatejo) em 1453. O seu pai era Gonçalo de Albuquerque e pertencia à nobreza.

  • Como pertencia a uma família nobre, Afonso de Albuquerque foi educado na corte de D. Afonso IV, onde estudou Matemática e Literatura.

  • De 1476 a 1495 aperfeiçoou as suas técnicas militares: acompanhou o futuro rei D. João II nas suas campanhas militares ao Norte de África, combateu em Arzila e Larache (terras no Norte de África) e fez parte da guarda de D. João II.

  • Em 1503, o rei D. Manuel I mandou-o para a Índia com o seu primo, Francisco de Albuquerque, para tratarem dos interesses comerciais portugueses nessa região.

  • Para isso, era preciso dominar algumas cidades e portos importantes na Índia. Foi o que Afonso de Albuquerque fez!
    Fundou uma fortaleza em Cochim, dominou Calecute e estabeleceu relações comerciais com Coulão.

  • Regressou a Portugal em 1504, cheio de ideias para fortalecer a presença dos portugueses na Índia.

  • Como o comércio das especiarias era muito importante, a ideia de Afonso de Albuquerque era fundar fortalezas nos principais portos e cidades e, assim, conseguir que os portugueses dominassem esse comércio.

  • D. Manuel I gostou da ideia e mandou-o de novo para a Índia em 1506. Com ele levava uma carta secreta que dizia que ele seria o próximo vice-rei da Índia, substituindo D. Francisco de Almeida quando este terminasse o seu mandato em 1508.

  • Conquistou Omã, Goa, Malaca e Ormuz e começou com o seu plano de miscigenação (mistura) de portugueses e indianos, apelando ao casamento de marinheiros e soldados portugueses com mulheres indianas, para que os laços entre os dois países ficassem ainda mais fortes.

  • Morreu no dia 16 de Dezembro de 1515, quando regressava a Goa, deixando bem fortes as bases do Império Português no Oriente.

 

 


 
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.