Dragão de Komodo
 
 
  • O dragão de Komodo é o maior lagarto do mundo e vive na Indonésia, na Ásia, nas ilhas Komodo, Rintja, Padar e Flores.

  • Antigamente, as pessoas tinham muito medo deste réptil gigante e pensavam que ele era um dragão.

  • É que um dragão de Komodo pode medir 3 metros e pesar 140 quilos!
    Além disso, a sua língua é vermelha e laranja, o que dava a impressão de que estavam a «cuspir fogo»!

  • Geralmente, os dragões de Komodo são castanhos com manchas escuras, mas a cor da pele pode variar.
    Têm a cabeça grande, o pescoço comprido, o corpo maciço, as patas poderosas, com fortes garras e a cauda comprida e achatada nos lados.

  • Estes animais são predadores, o que quer dizer que atacam e matam as suas presas para depois as comerem.

  • Os "pratos preferidos" do dragão de Komodo são os porcos selvagens, as cabras, os búfalos jovens, os cavalos, os macacos, os veados e as aves.

  • As "vítimas" deste animal morrem, muitas vezes, por envenenamento. Sabes porquê?

  • Porque o dragão de Komodo tem uma bactéria com veneno na boca que mata as presas quando são mordidas.
    E mesmo que as presas consigam fugir, o veneno é tão forte que acabam por morrer num instante!

  • Já reparaste na língua deles, muito comprida e fina? É como a de outros répteis, mas é bem maior e mete medo.
    Serve para eles "cheirarem", pois o seu órgão do olfacto está alojado aí.

  • Os dragões de Komodo conseguem correr muito depressa (não parece, pois não?), nadam bem e têm uma visão muito boa.

  • As fêmeas do dragão de Komodo podem pôr entre 15 a 30 ovos. A incubação é feita num buraco no solo e dura cerca de 9 meses.

  • Os jovens dragões de Komodo alimentam-se de lagartos, insectos, aves e pequenos mamíferos.

  • Os cerca de 5000 dragões de Komodo que ainda existem estão agora em risco de extinção.
    Apesar de o governo da Indonésia ter transformado os seus habitats em reservas naturais, estes lagartos gigantes ainda estão ameaçados.

  • Os caçadores caçam-nos para usarem a sua pele e os habitantes das ilhas matam-nos porque têm medo deles e porque comem os seus animais domésticos.

  • Os animais de que se alimenta já são poucos nas ilhas onde habita, por isso muitos dragões de Komodo acabam por morrer de fome.
    Além disso, muitos destes lagartos gigantes morrem devido aos incêndios e às tempestades.

  • Ainda assim, e apesar de todos os riscos que correm, os dragões de Komodo vivem, em média, 20 anos!
 

 


 
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.