Tubarão
 
 
  • Os tubarões vivem nos oceanos do nosso planeta há cerca de 430 milhões de anos, o que quer dizer que já existiam quando os dinossauros desapareceram da Terra!

  • Isto é que é ser resistente!
    Sabias que têm uma capacidade de se curar nunca vista noutro animal?

  • Cientificamente chamam-se elasmobrânquios.

  • Existem cerca de 400 espécies diferentes de tubarões. Variam em forma, tamanho e cor.

  • Os tubarões existem em todos os oceanos do nosso planeta.

  • Há espécies que preferem as águas frias e outros as quentes. Uns gostam de atravessar o mundo, outros nunca saem das mesmas águas.

  • Conforme as espécies, os tamanhos podem variar entre os 15 cm e os 15 m de comprimento.

  • Sabias que o maior de todos é o tubarão-baleia, que chega a medir 15 metros de comprimento e a pesar 12 toneladas?

  • O tubarão tem uma pele espessa, geralmente cinzenta e coberta por dentículos (pequenas escamas em forma de dentes).

  • O seu corpo é hidrodinâmico, o que significa que está adequado para se movimentar muito bem na água.

  • É a forma do seu corpo que lhes permite nadar durante muito tempo sem gastar muita energia.

  • Por isso é que os nadadores andaram anos a criar (e conseguiram) um fato parecido com a sua pele: para terem mais velocidade!

  • Sabias que os tubarões não dormem e que grande parte deles nada sem parar?

  • Os tubarões são animais predadores, ou seja, caçam os peixes de que se alimentam.

  • Apesar de terem a fama de "terrores dos mares", os tubarões, normalmente, não atacam as pessoas.

  • Essa ideia ficou muito na cabeça das pessoas por causa de um filme de Steven Spielberg que se chamava Tubarão, onde um enorme tubarão-branco atacava os turistas de uma praia.

  • A vida nem sempre é igual aos filmes e a verdade é que o Homem mata milhares de vezes mais tubarões por ano do que os tubarões matam pessoas!

  • Os (raros) ataques de tubarões a pessoas só acontecem quando eles as confundem com outro animal qualquer (uma foca, por exemplo) ou quando há algum sangue por perto.

  • Nesses casos, o ataque de um tubarão pode ser muito perigoso e até mortal!

  • É que os tubarões têm o sentido do olfacto tão apurado que conseguem detectar o cheiro do sangue a um quilómetro de distância!
 

 


 
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.