Automóvel poluidor


  • É um objecto de grande utilidade e também símbolo de conforto e de posses nas sociedades modernas. Claro que também gera acidentes, mas isso é quem o conduz...

  • O automóvel é também um grande utilizador de recursos e uma importante causa de poluição. Infelizmente, não apenas do ar, mas também de poluição sonora, pois os veículos com motor são fonte de ruído... E também dos solos, nas proximidades das estradas por onde circulam...

  • Em Portugal, a área contaminada por hidrocarbonetos (os componentes dos combustíveis e dos óleos - os derivados do petróleo) é estimada em 570 quilómetros quadrados...
    Imagina uma tira de terreno com um quilómetro de largura que vá do Faro ao Porto! Esta poluição não vem apenas dos combustíveis e óleos, dos escapes, é também "largada" pelos travões.

  • Os técnicos referem que o automóvel é responsável por:
      - 63% das emissões de óxidos de azoto;
      - 47% dos compostos orgânicos voláteis;
      - 10 a 15% das partículas voláteis registadas na Europa.

  • Mesmo que ainda não conduzas, podes passar estes conselhos a quem o faz:
      - evita utilizar o automóvel quando for apenas para uma pessoa;
      - reduz o consumo de combustível e de travões, andando mais regularmente e com velocidades mais baixas (as recomendadas estão muito bem);
      - conduz com suavidade, sem acelerar ou travar de repente;
      - mantém o motor e todos os sistemas afinados;
      - mantém os pneus com a pressão de ar certa;
      - não leves cargas exageradas;
      - muda o óleo nos locais adequados, para que o óleo usado seja reciclado. Os óleos daquele tipo, deitados directamente na Natureza são altamente poluidores.

  • E só mais uma coisa, que parece que não tem a ver com o assunto, mas que um verdadeiro amigo do ambiente não faz:
      - não deites lixo pela janela!
 

 


 
Política de Privacidade | Termos de Utilização | Quem Somos
- 2001 © Texto Editores - Todos os Direitos Reservados.