• O Carnaval começou no Brasil levado de Portugal em 1723.

  • Ainda no século XIX haviam Zés Pereiras com bombos e tambores que percorriam as ruas da cidade, animando a festa.

  • Em seguida surgiram outros instrumentos a acompanhar, já de tradição brasileira, como cuícas, tamborins e pandeiros.

  • Dos clubes que organizavam os festejos nasceram as tradições que hoje distinguem o Carnaval brasileiro. Os corsos e os desfiles datam de 1900, mais ou menos, e foram as atracções principais, que ficaram até hoje.

  • Os cordões e blocos originaram as Escolas de Samba, que conhecemos. A primeira foi fundada em 1928 e chamava-se Deixa Falar!

  • Tanto sucesso tinham os desfiles, que se arranjaram locais especiais: a «Passarela do Samba» era um deles. Hoje existe o «Sambódromo» onde as Escolas de Samba disputam aguerridamente a vitória no Carnaval.

  • No Brasil é uma festa tão importante que nesses dias mal se come e dorme. Dança-se, dança-se muito, quase até cair.

  • Gente importanto do espectáculo junta-se à folia e tudo brinca sem distinções, mais preocupado em mostrar beleza do que em pregar partidas.

  • É a altura em que os mais pobres podem brilhar e a festa é tão especial que as escolas de samba começam a preparar o Carnaval do ano seguinte logo na quarta-feira de Cinzas...